10/04/2013

Seminário discute saúde da gestante e do recém-nascido

A Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (ABENFO-BA) reuniu, no

A Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (ABENFO-BA) reuniu, no dia 06/04, no auditório da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, em torno de 150 pessoas, entre estudantes e profissionais de enfermagem, durante o seminário “Enfermagem Obstétrica e Neonatal”. O evento discutiu questões relativas a saúde da gestante e do recém-nascido, considerando a responsabilidade inerente aos profissionais de enfermagem em atender as demandas do Ministério da Saúde (MS) no âmbito da Rede Cegonha.

A mesa de abertura foi composta pela presidente do Coren-BA, Maria Luísa de Castro Almeida, pela presidente da ABENFO-BA, Rita Calfa, e pelo presidente da ABENFO Nacional, Valdecyr Herdyr. A presidente Maria Luísa ressaltou a importância do seminário e reconheceu o avanço no campo da enfermagem obstétrica com a abertura do curso de especialização nesta área da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

Segundo a presidente da ABENFO-BA, Rita Calfa, houve uma mudança no atendimento à mulher em processo parturitivo e ao recém-nascido em situação crítica de saúde: “tomou-se um novo rumo ao introduzir na prática clínica diária dos profissionais de enfermagem princípios da humanização da assistência, com destaque para a inclusão da família e suas necessidades biopsicossociais”. Para Rita, essa realidade também pode ser comprovada a partir do aumento significativo da literatura disponível sobre essa temática. Ela pontuou também a necessidade de profissionais qualificados na área. “O seminário foi pensado para propiciar um intercâmbio do conhecimento científico e das experiências exitosas de cuidados humanizados, baseados na segurança, e contribuir para o aprimoramento das práticas clínicas dos profissionais de enfermagem”, concluiu.