09/08/2017

Seminário de Fiscalização discute a SAE neste segundo dia

O Seminário está em seu segundo dia de programação e encerra amanhã

Em abril deste ano, a legislação do Dimensionamento de Pessoal foi atualizada, sofrendo alterações que constam na Resolução Cofen 543/2017. Diante disso, o Departamento de Fiscalização (Defis) do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) trouxe a especialista em Gerenciamento de Enfermagem e coordenadora da Câmara Técnica de Legislação e Normas do Conselho Federal de Enfermagem (CTLN/Cofen), Cleide Mazuela Canavezi, para ministrar oficina de capacitação e atualização em Dimensionamento de Pessoal no Seminário de Fiscalização 2017.  O Seminário reúne os enfermeiros fiscais de todas as Subseções do Coren-BA entre os dias 8 e 10 deste mês.

Cleide Mazuela fala sobre mudanças no dimensionamento

A Oficina de Dimensionamento aconteceu ontem (8), no primeiro dia de evento. Cleide Mazuela acredita ser salutar a atualização dos enfermeiros fiscais, neste momento. “Depois de 13 anos, a gente está mudando a ferramenta de dimensionamento, entrando com novos cálculos, novos trabalhos científicos, então, a gente precisa trazer isso pros fiscais, pois são eles que estão na ponta, dando suporte às RTs. A partir do momento que a ferramenta é atualizada, eles têm que estar também inseridos nessas atualizações”, afirmou Cleide.

A Coordenadora da Câmara Técnica de Legislação e Normas do Cofen tem viajado por todo o Brasil, treinando os fiscais, a partir das mudanças na resolução. Das mudanças ela destaca que surgiram novos cálculos e que antes eram apenas dois tipos: um para Unidade de Internação e o outro para o que não se enquadrava em Unidade de Internação, que entrava como Unidade Especial, Sítio Funcional (ST). “Ao longo dos anos e depois de muito trabalho com as RTs, a gente conquistou que houvesse estudos de alguns setores que só agora estão sendo contemplados, como Centros Cirúrgicos, Central de Materiais e Esterilização, Centro de Diagnóstico por Imagem, Psiquiatria, Unidades Básicas. O desenvolvimento desses estudos conseguiu tabular horas de enfermagem para esses setores, tornando o cálculo mais científico e fazendo crescer o dimensionamento”, ressaltou Cleide Mazuela.

Dinâmica de Grupo animou a programação do dia

Hoje, o dia começou com uma divertida dinâmica de grupo conduzida pela psicóloga, Melissa Roters Coutinho. A programação segue com a Oficina de Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) Descomplicada, ministrada pelo doutor em Enfermagem pela USP e diretor do Comitê de Educação e Pesquisa da NANDA Internacional, Marcelo Chanes. A gerente do Defis, Adirah Queiroz, avalia os temas discutidos no Seminário como de grande importância para o exercício do trabalho fiscalizatório. “As mudanças no dimensionamento discutidas ontem e a Oficina de hoje sobre SAE são assuntos extremamente importantes para nós (fiscais), pois são nesses dois temas que se concentram as principais irregularidades que encontramos nas instituições”, destacou Adirah.

Marcelo Chanes apresenta SAE Descomplicada