09/10/2017

Professores participam de roda de conversa com GT de SAE

GT e docentes discutiram a importância de inserir SAE e Processo de Enfermagem no currículo dos cursos técnicos de enfermagem

Na manhã desta segunda-feira (9), docentes de escolas de formação técnica em enfermagem participaram de uma roda de conversa com o Grupo de Trabalho de Sistematização da Assistência de Enfermagem (GT/SAE), no auditório do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA). As professoras e professores das escolas Professor Jorge Novis, Ética, Irmã Dulce, São Rafael, Maria Pastor, Anjo Gabriel e São Judas Tadeu, presentes à reunião, discutiram com o GT a questão da formação do técnico em enfermagem e a ausência de conteúdos que abordem a SAE e o Processo de Enfermagem nas grades curriculares dos cursos técnicos de enfermagem.

Segundo o enfermeiro membro do GT, Rudval Souza, tem-se percebido que o técnico e o auxiliar de Enfermagem não se sentem partícipes da operacionalização prática do Processo de Enfermagem e não reconhecem a SAE como uma ferramenta gerencial que visa contribuir com maior resolutividade e qualidade da assistência de enfermagem.

“As docentes reconheceram essa lacuna na formação dos técnicos de Enfermagem e como encaminhamento ficamos de realizar outros momentos para seguir na discussão e mobilizar esforços para que a temática do Processo de Enfermagem torne-se parte do conteúdo programático na formação do Técnico e essa discussão motive os Técnicos e Auxiliares de Enfermagem a se sentirem integrantes de uma prática profissional sistematizada e pautada no Processo de Enfermagem como elemento substantivo da prática profissional dos(as) trabalhadores(as) da enfermagem em todos os contextos, seja da atenção primária à saúde, domiciliar, ambulatorial ou hospitalar”, afirmou Rudval.