12/04/2013

Presidente do Cofen defende as “30 horas” em discurso na Câmara dos Deputados

  Representantes de vários órgãos da área da Enfermagem, deputados
 

Representantes de vários órgãos da área da Enfermagem, deputados e profissionais que vieram de todos os estados brasileiros lotaram o auditório Nereu Ramos.

Representantes de vários órgãos da área da Enfermagem, deputados e profissionais que vieram de todos os estados brasileiros lotaram o auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, na tarde da última terça-feira (9), após a passeata pela manhã na Esplanada dos Ministérios, com a participação de milhares de pessoas. O objetivo é sensibilizar os parlamentares para que a votação do PL 2295/2000 seja colocada em pauta.

O Presidente do Conselho Federal de Enfermagem, Osvaldo Albuquerque, foi aplaudido quando enfatizou a importância da aprovação do projeto de regulamentação da jornada de trabalho em sua fala, na tribuna do auditório.

“A Enfermagem Brasileira é formada por 1,8 mi de profissionais, porém, este benefício não visa apenas à categoria, mas aos 190 milhões de brasileiros. Não há nenhum indivíduo neste País que não precise de uma assistência de enfermagem com qualidade”, afirmou o Presidente.

Segundo o Deputado Wilson Filho, que também compôs a mesa, “a redução da jornada de trabalho é essencial para garantir o bom desempenho na assistência à população. Os profissionais da enfermagem exercem atividades que implicam vários riscos à sua saúde, mental e física e necessitam melhores condições para o exercício da sua função”.

A manifestação na Esplanada e o encontro com o Presidente da Câmara motivou a categoria, principalmente com a promessa de Henrique Alves em definir data para a votação do PL 2295/00 na próxima semana.

Fonte: Cofen