12/02/2014

Ilhéus sedia fórum de processos éticos e julgamento simulado

O Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) deu início à segunda edição do Fórum de Processos Éticos em 2014, com o segundo julgamento simulado do ano realizado em Ilhéus, nesta terça-feira (11). Na primeira edição, em 2013, doze municípios foram beneficiados pela ação. Este ano, o fórum acontecerá em onze novos municípios, além de Salvador. A ação do conselho, cujas inscrições são gratuitas, leva conhecimento aos profissionais ao discutir o Código de Ética, finalizando com uma simulação do que ocorre durante o julgamento de um processo ético.

SAM_0554Na abertura do evento, a presidente do Coren-BA, Maria Luísa de Castro Almeida, fez questão de destacar a importância da capacitação e o propósito de estender as ações do conselho para beneficiar o maior número de profissionais possível. “Estamos firmes no propósito de interiorizar as ações do conselho. “Chegamos ao conselho com diretrizes bastante sólidas, nós não queríamos apenas ocupar um espaço de poder. Nós precisamos nos apropriar dos espaços. O sistema Cofen/Corens é da esfera governamental, mas é sustentado por 1,8 milhão de profissionais”, ressaltou Maria Luísa.

SAM_0588

Para a presidente, a ação tem contribuído de forma significativa para a formação dos profissionais. “Nós estamos fazendo com que a enfermagem estude de fato o código de ética e reflita sobre sua atuação. Além disso, estamos selecionando profissionais para participar efetivamente dos processos, integrando as comissões de instrução dos processos éticos que tramitam no conselho. Hoje nós temos um banco de colaboradores neste sentido”, explicou a presidente.

SAM_0612

A segunda etapa do treinamento foi conduzida pela professora doutora em enfermagem pela Ufba, Darci Santa Rosa, que explicou os principais pontos da legislação ética de enfermagem e deu seguimento ao curso montando uma simulação de um julgamento de processo ético, baseado em um caso concreto apresentado aos participantes. Na ação, os participantes são orientados a analisar o caso, construir um parecer inicial, levantar as agravantes e atenuantes do caso, construir o parecer final e votar no parecer final.

SAM_0581

“Todos os profissionais precisam conhecer estes conteúdos para ter pautada a sua atuação nestes documentos legais e, assim, evitar o cometimento de uma infração ética”,  lembrou a professora Darci.

A enfermeira obstetra Daiana Bomfim Pinheiro, que participou do fórum, classificou a iniciativa do Coren-BA como de fundamental importância para a formação do profissional: “O conteúdo foi muito esclarecedor. E a gente sente, com a realização deste curso aqui, a importância que o Coren-BA está dando aos profissionais da região. É muito importante ter esta acessibilidade à presidência do conselho e estar ciente do nosso papel enquanto profissional e do papel do conselho, além da possibilidade de aprimorar o exercício profissional. Essa visão do Coren-BA de promover cursos de capacitação para os profissionais é uma forma de defesa da categoria, pois quanto mais capacitados, melhor exerceremos nossa profissão e menores serão os erros “, afirmou.