27/11/2019

Coren-BA encerrará as atividades nas subseções de Irecê e Paulo Afonso no dia 30 de novembro

Trabalho da fiscalização será intensificado nos municípios

Com o objetivo de fortalecer a estrutura de atendimento, ampliar a fiscalização e qualificar a coordenação dos serviços prestados no interior, o Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) estabeleceu a divisão geográfica da gestão no estado criando os Vetores Norte e Sul, a partir da Decisão nº 301, de 22 de agosto de 2019. Em razão desse projeto, as subseções de Irecê e Paulo Afonso terão suas atividades encerradas a partir de 30 de novembro, quando serão agregadas à Feira de Santana.

As(os) profissionais de Irecê, Paulo Afonso e regiões adjacentes que necessitarem dos serviços da autarquia poderão acessar o autoatendimento disponível em nosso site (www.coren-ba.gov.br/autoatendimento). Para realizar a primeira inscrição, renovação da carteira, negociação, solicitar cancelamento ou suspensão da carteira, as(os) profissionais deverão dirigir-se à subseção de Feira de Santana, que será ampliada e terá sua estrutura administrativa e operacional mais moderna.

O projeto de reestruturação das subseções foi realizado com base em um amplo estudo realizado durante um ano, acerca do funcionamento e desempenho operacional dessas unidades, que mostrou que há baixa demanda por serviços na maioria das subseções e os resultados não são compatíveis com seus custos operacionais. Clique aqui para conhecer o Estudo de Desempenho das Subseções.

Diante do estudo, o Coren-BA está reorganizando o número de unidades para investir na qualidade dos serviços prestados à população. As ações de fiscalização em Irecê, Paulo Afonso e regiões seguem mantidas e serão fortalecidas com o aumento da frota de veículos, inclusive com a consolidação do Coren Móvel, que amplia a cobertura do atendimento e possibilita a prestação de serviços em mais municípios do estado de forma itinerante. Em apenas nove dias, o Coren Móvel prestou 409 serviços nos municípios de Valença, Senhor do Bonfim e Jacobina.

Além do autoatendimento já disponível pela internet, o conselho também vai adotar o sistema de agendamento e, em breve, o serviço de Call Center. Tudo isso dará mais agilidade aos serviços prestados e poderá alcançar cada vez mais usuárias(os).

O Conselho Regional de Enfermagem da Bahia é uma autarquia federal que tem como missão disciplinar e fiscalizar o exercício da enfermagem, cuja atuação está amparada pela Lei Federal nº 5.905, de 12 de julho de 1973, que dispõe sobre a criação dos Conselhos Federal e Regionais de Enfermagem. Atualmente, possui cerca 130 mil inscritos e conta com estruturas administrativas na capital (sede) e interior do estado (subseções).