13/07/2017

Audiência Pública discute Impactos do EaD na Saúde

Na manhã desta quinta-feira (13), foi realizada Audiência Pública para

Na manhã desta quinta-feira (13), foi realizada Audiência Pública para discutir a Educação a Distância (EaD) na saúde. A Audiência aconteceu na Câmara Municipal e foi conduzida pelo vereador Duda Sanches. Estiveram presentes profissionais, professores, estudantes e entidades da saúde. Os enfermeiros fiscais Antônio Carlos da Silva Filho e Ana Maria Lima de Pádua representaram o Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) na Sessão.

Compuseram a mesa o vereador Duda Sanches (presidente da Comissão de Saúde, Planejamento Familiar e Previdência Social); a vereadora e enfermeira, Aladilce Souza; Rosa Soares (membro do Diretório Acadêmico de Enfermagem da UFBA e do Diretório Central de Estudantes); Ransley Lima Santos (Conselho Nacional de Saúde); Valter da Mata (Presidente do Conselho Regional de Psicologia da Bahia); Janaina Sant’anna de Queiroz (Vice-presidente do Conselho Regional de Nutrição); Maurício Dourado (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional) e Rodrigo Andrade (Assessor Especial da Secretaria Municipal de Educação).

A enfermagem esteve representada na Audiência Pública

A discussão contou com ampla participação dos presentes que apontaram os problemas e as consequências da formação via EaD. Uma das questões apontadas foi: como se irá garantir que os profissionais formados via EaD estão aptos ao exercício profissional? A necessidade de assegurar a aptidão dos muitos profissionais lançados no mercado de trabalho todos os anos pode levar à instituição de exame de suficiência. No entanto, segundo a técnica de enfermagem,  enfermeira e ex-conselheira do Coren-BA, Aline Soares, uma prova de suficiência não avalia a formação humana e conhecimento técnico e prático. “O que irá acontecer é que os estudantes com déficit de formação irão para cursinhos se preparar para uma prova que não avalia, de fato, sua formação”, afirmou Aline.

A mesa convocou todos os presentes a participar do Fórum Sobre o Impacto do EaD na Saúde, que acontecerá no dia 22 de julho, às 8h, no Salão Nobre da Reitoria da UFBA. O Sistema Cofen/Corens vem discutindo a Educação a Distância nos cursos de enfermagem e participando de Audiências e Fóruns junto a outras entidades, a fim de barrar a aprovação e existência de cursos com essa metodologia. Este ano, o Sistema promoveu, através das redes sociais, uma ampla campanha de conscientização contra a Educação a Distância pelo contato real e presencial na saúde. O Coren-BA avalia a existência e proliferação de cursos EaD como danosa para a saúde e para a sociedade como um todo, pois sem o contato com o paciente, com os professores, laboratórios e equipamentos não é possível formar profissionais competentes e garantir a segurança do paciente e a qualidade do cuidado.