12/02/2021

Após fiscalização, Hospital Cotefi, de Barreiras, contrata mais enfermeiros assistenciais

Apenas enfermeiros podem supervisionar e coordenar as atividades da Enfermagem.

O Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) continua firme na fiscalização do exercício profissional. Em inspeção de retorno, realizada nesta quarta-feira (10/02), a enfermeira fiscal da autarquia apurou que o Hospital Cotefi, em Barreiras, contratou mais 3 enfermeiros assistenciais após ser notificado por situação ilegal.

Segundo a lei federal 7.498/86, que dispõe sobre a regulamentação do exercício da Enfermagem, apenas enfermeiros podem supervisionar e coordenar as atividades da categoria.

No entanto, no dia 21/01/2020, quando foi realizada a primeira vistoria no hospital, a fiscalização constatou que a instituição dispunha apenas de 1 enfermeiro para a gestão e outro para a assistência, ficando alguns períodos de funcionamento do hospital sem a cobertura de enfermeiros. Atualmente, a instituição conta com o trabalho de 5 enfermeiros e 7 técnicos de enfermagem.

A fiscalização também vistoriou todos os setores do hospital e prestou esclarecimentos aos profissionais de enfermagem que se encontravam no plantão.